Sobre

Olá

Minhas atividades na Internet relacionadas a EFCs – Experiências Fora do Corpo – tiveram inicio com meu primeiro site, specon.hpg.com.br, que foi extinto com o fim das antigas hospedagens gratuitas surgidas no início da década passada.

Hoje mantenho o site Metaconsciencia.com onde disponibilizo uma série de artigos e livros, dentre outros materiais, acerca do fenômeno das EFCs, dentre outros assuntos relacionados. No blog estadovibracional.com, apresento assuntos relacionados a técnicas de mobilização de energias conscienciais e no blog Metaconciência, encontram-se temas relacionados ao parapsiquismo a pesquisa da consciência.

Recentemente, publiquei meu primeiro livro impresso sobre Experiências Fora do Corpo cujas primeiras páginas podem ser visualizadas no site da Editora. Também disponibilizo um eBook gratuito com 333 Perguntas e Respostas sobre experiências fora do corpo.

O objetivo desse blog é focar exclusivamente as EFCs de modo menos formal do que no Metaconsciencia, assim como proporcionar um canal para interagir mais facilmente com os leitores dos meus livros e artigos, assim como com os amigos e demais colegas de evolução que, como eu, pesquisam as experiências fora do corpo.

Sinta-se a vontade para postar  perguntas, sugestões e informações sobre: EFCs, Viagem Astral, Projeção da Consciência, Projeção Astral, Sonho Lúcido, Desdobramento.

Cesar de Souza Machado

Responses

  1. como eu posso superar o medo do desdobramento consciente?

    • Olá Cassio.

      Para superar o medo de ter projeções é recomendável, em primeiro lugar, ler, estudar tudo o que for possível sobre o assunto, pois, o medo, por vezes, vem do desconhecido. Então, quanto mais a pessoa conhecer sobre esse assunto, menor será o seu medo. Em segundo lugar, em algum momento ela terá que encarar seus medos e ter a experiência. Nessa ocasião, solicitar a proteção de espiritos amparadores ou da Divindade (conforme a crença da pessoa em questão), certamente pode dar-lhe mais confiança para encarar a experiência. O certo é que depois da primeira experiência, o medo deve desaparecer. Concluindo, não ter medo, não significa que seremos imprudentes quanto a nossas ações e aquilo o que podemos encontrar na dimensão extrafísica.

      Um abraço

      Cesar Machado

      • Olá Cesar, eu tive algumas EFCS onde eu sempre conseguia voltar ao corpo de forma voluntária. Mas ultimamente elas nao acontecem mais sera que eu achei um jeito de cessá-las ?
        Elas acontecem de forma involuntária, mais tenho controle pra voltar ao meu corpo a hora que quiser

      • Olá Rafael. Pelo que entendi você está passando por um recesso projetivo, não está tendo mais projeções. As causas para isso podem ser várias: Mudanças na rotina diária; muitas atividades no dia a dia consumindo seu tempo e suas energias; mudanças neurofisiológicas produzidas pela mudança na atividade hormonal; mudança do padrão energético de um ou mais centros energéticos (chacras); mudança da base física (o local onde você mora); etc. Enfim, você deve analisar o que mudou na sua rotina ou dentro de você mesmo para identificar a causa e, a partir dai, empregar alguma coisa para contrabalançar e reativar as projeções, se for isso o que você deseja.
        Abraço. Cesar.

  2. a pessoa ,durante as projeções conscientes pode confiar em espíritos desencarnados?

    • Olá Cassio
      A resposta para sua pergunta é “Depende…” Quem é o espírito em questão? Você o conhece? Já o viu antes? Ele já te ajudou antes? Já encontrei espiritos bons que me ajudaram (alguns conheço até pelo nome) e outros que tentaram me enganar, me iludir, movidos por, sei lá que proposito. Não é fácil distinguir uns dos outros. Os bons espíritos tem muito cuidade em qualquer coisa que nos digam pois sabem que serão responsáveis pelo que fizermos em virtude disso. Os outros, frequentemente nos dão informações que geram aflição, perturbação, confusão. Sem contar com o padrão energético, que é diferente.
      Abraço
      Cesar

  3. como a pessoa pode ter um sonho lúcido?

    • Cassio
      Qualquer técnica par produzir experiências fora do corpo pode ser considerada uma técnica para produzir sonho lúcido. Vou te passar a técnica proposta por Stphen Laberge, um dos maiores pesquisadores de sonhos lúcidos. Antes de dormir você programa seu despertador para acordá-lo, digamos, 1,5 hora antes do horário habitual. Ao despertar, você deve se levantar, dar uma voltinha pela casa, tomar uma água, quem sabe ir para a sala e ler o capítulo de um livro. Uns 30 minutos depois dessa movimentação você volta para a cama, programa seu depertador para o horário normal (ou não, isso é com você) e retoma o sono. As probabilidades de ter um sonho lúcido nesse período final de sono são grandes. Eu mesmo já tive alguns sonhos lúcidos usando essa técnica.
      Boa sorte
      Cesar

  4. você registra todas as experiências fora do corpo em algum lugar,como caderno ou agenda,ou as registra no seu blog ou no seu site?você aconselha que as pessoas que têm experiências fora do corpo registrem todas as suas experiências?

  5. Boa tarde!
    Em pleno dia primeiro vim trabalhar e como não teve atracação de nenhum navio me reserveio em uma sala para descansar, pra mim ainda estava acordada, voltei para a sala principal onde estavam duas pessoas que estava comigo, e sentei no meu lugar , parecia conversar sobre assuntos diversos levantei e me apavorei senti falta de ar e parecia que me via de frente meu rosto em desespero sem conseguir puxar o ar, então acordei. Não tive medo só não soube como agir, isso tem acontecido mais vezes sem mesmo o meu querer antes de deitar.

    • Olá Fabiane

      Você ainda está na fase das experiências iniciais quando é comum surgirem muitas dúvidas, sentir medo e confusão quando percebe que está projetado, fora do corpo físico. Não tem nada demais nisso. O início é assim mesmo. Recomendo a você ler bastante sobre projeção astral. Existem muitos livros sobre esse assunto disponiveis. Na medida que você for adquirindo conhecimentos e for tendo mais experiências, ficará mais serena e segura durante suas projeções.

      Um abraço e um Feliz Ano Novo!

      Cesar Machado

  6. Feliz Ano Novo!

    Obrigada Cesar, vou sim ler é um dos meu hábitos, vou pesquisar e me assegurar destas novas experiência com cautela.

    Grande Abraço!

    Fabiane

  7. césar, sonho lúcido ,como pude ver pela sua explicação que me deu em novembro de 2011, é sinônimo de experiência fora do corpo.gostaria que falasse de um sonho lúcido que você teve.

    • Olá Cassio

      Sim, o sonho lúcido é um sinônimo de EFC.

      Cesar

  8. Olá Cesar, gostaria de parabenizá-lo pelo site e blogs trabalhados por você. A primeira coisa que me chamou a atenção positivamente foi sua abordagem eclética/universalista onde encontramos conhecimentos não apenas da Projeciologia mas também contribuições de diversas outras áreas e autores. Estou lendo os seus artigos e já adiquiri seu livro.
    Tenho uma parceria com um autor espiritualista (Luiz Roberto Mattos) e temos um site em http://www.mestresanakhan.com.br. Abraço!

    • Olá Alexei

      Estou me esforçando para produzir conteúdo de qualidade em tudo o que escrevo, começando pelos posts desse Blog. Conheço a obra de Luiz Roberto Mattos. Comprei seus dois primeiros livros ainda nos anos 90. Qual é o tipo de parceria que você tem com ele? Se preferir, podes responder por e-mail para info@metaconsciencia.com

      Um abraço

      Cesar Machado

  9. Olá César, obrigada por responder. Parabéns pelo blog. Estou muito feliz em ter “descoberto” um blog com tanta informação. Não tinha conhecimento de seus livros, mas com certeza estarei adquirindo muito em breve.
    Um abraço
    Vera

  10. Corrigindo….”seu site”…….e “seu livro”…..
    vera

    • Olá Vera

      Pode ter certeza que estou me esforçando para fazer o melhor em tudo o que faço, seja no blog, em artigos e livros. Então muito obrigado pelo incentivo.

      Abraço

      Cesar Machado

  11. Olá, como vai?
    Depois de ler alguns livros e artigos sobre EFC fiquei mais calma e comecei a compreender melhor algumas coisas. Me explique estas experiências: As vezes parece que travo uma luta com o meu corpo quando estou querendo me encaixar nele. Sinto muita angústia nestas horas e já fiquei com muito, muito medo. Como resolver este problema de encaixe? E outro questionamento é o seguinte: Três vezes já me vi auxiliada, mãos me puxam e mãos me auxiliam a voltar. Em uma das vezes um ser (que já vi várias em outros sonhos) me tirou do corpo, senti um fluxo de energia muito forte saindo de minhas costas, depois me vi deitada numa maca, parece que sendo tratada por ele. Quando voltei, me senti tão leve, mais tão leve que parecia que ia flutuar. Guardo esta experiência com alegria.
    Parabéns pelo Blog, te curti no Face, me interesso muito sobre esse assunto. Um abraço.
    Chris

    • Olá Christiane

      Você não mencionou se, nas ocasiões onde “trava a luta” para reinteriorizar no corpo físico, você só tem rememoração dessa parte de suas projeções. Explico melhor. Se eu me visse nessa situação, a primeira coisa que faria seria ter muita calma. Então eu pensaria: o que estou fazendo? Retornando ao corpo? Mas o que estava fazendo antes? Se não lembrar de nada, daria meia volta e iria buscar alguns dos meus alvos projetivos (eu sempre tenho alguns em mente). Afinal, projeção lúcida não é algo que aconteça todo dia, logo, procuraria aproveitar ao máximo. Para que voltar? Quando o período de sono chega ao fim, ou por outros motivos mais, acabamos retornando de qualquer maneira.

      Em todo caso, se quisesse mesmo voltar ao corpo e não conseguisse reencaixar, trataria o problema de forma sistemática e como autopesquisa. Tentaria descobrir o que estaria impedindo isso. Faria várias tentativas de reinteriorização seguidas prestando o máximo de atenção na sucessão de eventos para determinar a causa. Enfim, mudaria minha condição de “projetor apreensivo” para “projetor autopesquisador”.

      Agora, me ocorre o seguinte. Voltar ao corpo não é difícil…será que nesses momentos você está de fato próximo ao seu corpo? Até que ponto você não estaria misturando onirismo, criações mentais suas, com a projeção propriamente dita? Em outras palavras, estaria você diante do seu corpo físico mesmo, ou seria uma crianção mental sua? Essa é mais uma questão para reflexão e pesquisa.

      Essas consciências que te ajudam a sair do corpo são seus amparadores. Já passei por situação semelhante. Mãos me puxaram para fora do corpo, mas depois, já projetado, não percebi ninguém. Seja porque os amparadores estavam noutra faixa vibratória, seja porque eles não queriam ser vistos. O amparo extrafísico torna as projeções muito melhores.

      Se tiver mais dúvidas é só escrever.

      Abraço e boas projeções.

      Cesar Machado

  12. Olá, muito obrigada por me responder e esclarecer. Respondendo a sua pergunda, nas vezes em que eu não consigo me encaixar, realmente sinto medo e tenho pressa em voltar. Não sei porque isso acontece, só sei que nestes momentos eu apelo para forças superiores. Nestas horas já me percebi caminhando em direção ao meu corpo, já olhei para os lados e vi meus filhos dormindo (e eles realmente dormem comigo), já vi meu rosto, meus braços se mexendo por causa da força que faço nestas horas e já me lembrei de tentar ficar calma. Sempre sinto um fluxo de energia e até um som estranho vindo delas. Quando eu consigo me encaixar e posteriormente quando abro os olhos, a primeira coisa que me vem na cabeça é a seguinte: Será que eu estava correndo de um obsessor?
    É estranho, estas experiências me parecem diferentes de sonhos, pode ser talvez uma mistura dos dois? É confuso, mas procuro me inteirar do assunto indo em reuniões espíritas, leio livros ligados a espiritualidade e estou amando ler sobre experiencias fora do corpo, inclusive seu livro de perguntas e respostas é ótimo.
    Muito obrigada, um grande abraço,
    Chris

  13. OLA CESAR FAVOR GOSTARIA DE SABER COMO ADQUIRI TEUS LIVROS EM QUAL SITE DE QUE FORMA POSSO PAGAR

    SAUDACOES

    FRANKLIN GUEDES

  14. Parabéns pela iniciativa. O conteúdo que você coloca aqui tem muita qualidade e ajuda muitas pessoas.

  15. Olá César, estou fazendo uma pesquisa para o seminário integrado, do 1º ano em minha escola, na qual, o tema que escolhi foi Vida após a morte-EQM (experiência de quase morte) gostaria que me ajudasse a elaborar algumas questões sobre, o trabalho deverá ser apresentado no último trimestre deste ano (2015) tempo suficiente para pôr todas minhas ideias em prática (preciso saber como lidar com esse tipo de pesquisa em meio a uma sociedade com ideias contrárias), o tema será mais para debater, então devo levar em conta as opiniões de cada indivíduo.Quero focar no tema Vida Após a morte, quais argumentos devo usar para um tema tão delicado como tal? Já que o subtema mais aceitável.
    Atenciosamente, Wanessa

    • Olá Vanessa

      Olha, são muitas as opções de abordagem. Acho que uma possibilidade interessante é você descrever o que é a EQM, citar alguns dados sobre qual é o grau de ocorrência (quantas pessoas tiveram a experiência) e depois focar num aspecto específico da EQM. Que tal focar nas mudanças que as pessoas fazem em suas vidas após a EQM? Dessa forma, não importa se a experiência é real ou não (hipótese de que seria uma mera criação do cérebro). O que é importaria seria a reperspectivação da vida que a pessoa faz após a experiência.

      Boa sorte

      Cesar Machado


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: